Painel de Controle

Dicas e conteúdo para o seu negócio decolar.

> Uma empresa que gera lucros pode quebrar?

Uma empresa que gera lucros pode quebrar?

por Douglas Gayo

Uma empresa que gera lucros pode quebrar?

Você acha que uma empresa que gera lucros mensais pode quebrar? Pois bem, por mais estranha que pareça, a resposta para essa pergunta é sim. E o responsável por esse fato chama-se ciclo financeiro.

Tenho um exemplo real de um cliente onde o custo médio para industrializar seus produtos fica próximo dos R$10,00 por unidade. Este mesmo cliente vende esses produtos a um preço médio de venda de R$70,00. Mensalmente a empresa gera um lucro econômico na ordem de 8,5%, e por mais incrível que pareça a empresa apresenta problemas de fluxo de caixa.

A pergunta que os sócios desta empresa mais me fazem é:

 

Onde vai parar meu dinheiro?

 

E a minha resposta padrão é: está imobilizado no ciclo financeiro da sua empresa! Nesta hora, com caras assustadas eles me perguntam: Quem é esse tal de ciclo financeiro? Vamos entender então.

Primeiramente vamos a algumas constatações

 

1ª – Os fornecedores de insumos dão apenas quinze dias de prazo para pagamento das compras;

2ª – A empresa vende suas mercadorias com prazo de até seis meses, ou seja, levam cento e oitenta dias para receber o valor de venda dos seus produtos;

3ª – A empresa possui um estoque muito acima do ideal para o atual volume de vendas.

 

Aí você deve estar se perguntando, mas o que tudo isso tem em comum? Eu te respondo: essas são as três principais variáveis que formam o ciclo financeiro de uma empresa.

A partir do momento em que você desembolsa valores do seu caixa para pagar o seu fornecedor, até o momento em que você recebe efetivamente o valor integral do seu cliente, você está financiando a operação da sua empresa. Portanto o ciclo financeiro de uma empresa representa o prazo em que a própria empresa está financiando sua operação.

O Ciclo financeiro representa o período em que você imobiliza seu dinheiro no capital de giro da empresa. É o tempo que você leva para transformar o seu lucro econômico em lucro financeiro, em “moedinhas” efetivamente no caixa da sua empresa.

A consequência do ciclo financeiro da sua empresa é a criação de uma na necessidade de capital de giro, uma vez que você precisa adiantar dinheiro para fazer sua operação funcionar.

O problema aparece a partir do momento em que a geração de caixa da sua empresa é menor que o consumo demandado por essa necessidade de capital de giro.

Neste momento seus lucros tornam-se insuficientes e mesmo uma empresa altamente lucrativa pode apresentar problemas de fluxo de caixa, correndo o risco de fechar as portas por não ter dinheiro para pagar suas contas.

 

Como calcular o ciclo financeiro da minha empresa?

 

É simples! Basta você seguir os passos abaixo:

 

1º Passo

Calcular o prazo médio (em dias) de estocagem da sua empresa através da fórmula:

 

PME =    Estoque      * 30

Faturamento

 

2º Passo

Calcular o prazo médio (em dias) de pagamento da sua empresa através da fórmula:

 

PMP = Contas a Pagar * 30

      Faturamento

 

 

3º Passo

Calcular o prazo médio (em dias) de recebimento da sua empresa através da fórmula:

 

PMR = Contas a Receber * 30

     Faturamento

 

Após isso basta você substituir os valores encontrados na fórmula abaixo para encontrar o ciclo financeiro da sua empresa:

 

Ciclo Financeiro = PME + PMR – PMP

 

O Ciclo financeiro representa algo ruim. Portanto quanto menor ele for, melhor para sua empresa, uma vez que a pressão no seu caixa será menor.

Vamos ao nosso exemplo de sempre. A empresa do Sr Zé do Trambique possui:

 

  • Estoque: R$R$300 mil reais (preço de custo)
  • Contas a receber (próximos 30 dias): R$200 mil reais
  • Contas a pagar (próximos 30 dias): 150 mil reais
  • Faturamento no período (últimos 30 dias) R$100 mil

 

Com isso teremos:

 

PME = 300 mil * 30 = 90 dias

100 mil

 

PMP = 150 mil * 30 = 45 dias

100 mil

 

PMR = 200 mil * 30 = 60 dias

100 mil

 

Com isso, o ciclo financeiro do sr Zé do Trambique vai ser:

 

CF = 90 + 60 – 45 = 105 dias

 

Portanto, a empresa do Sr Zé do Trambique financia sua própria operação durante 105 dias. Ou seja, para comprar um produto qualquer e revende-lo o sr Zé precisa antecipar (imobilizar) 105 dias de faturamento da sua empresa (em R$). Portanto, a necessidade de capital de giro da empresa será de 105 dias de faturamento, ou seja R$350 mil reais.

Caso a empresa não consiga gerar caixa nesta mesma proporção muito provavelmente a empresa apresentará problemas de caixa. É neste momento em que as empresas começam a utilizar o cheque especial, a fazer desconto de duplicatas, buscar empréstimos, criando um ciclo vicioso de aumento no endividamento, diminuindo cada vez mais suas margens de lucro.

Lembre-se: Sua empresa existe exclusivamente para gerar riquezas. E imobilizar dinheiro nos estoques é algo que não contribui para esse objetivo.

Inscreva-se em nossa canal no Youtube e veja nossos vídeos.

Douglas Gayo

MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). MBA em Finanças pela Unochapecó. MBA em Engenharia da Produção pela Unochapecó. Graduado em Ciências Contábeis pelo IBES/Sociesc. Atua como assessor financeiro com foco em Gestão Estratégica de Capital de Giro; Gestão Estratégica de Resultados; Gestão Estratégica de Custos; Captação de Recursos Financeiros de Longo Prazo; Planejamento Estratégico; e Modelagem de Novos Negócios. Sócio fundador da Vettor Gestão Empresarial, empresa que atua com assessoria financeira. Instrutor de Treinamentos na área de Gestão Estratégica de Capital de Giro. Membro do Núcleo das Assessorias e Consultorias da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), onde é membro desde o ano de 2013.
Douglas Gayo

Últimos posts por Douglas Gayo (exibir todos)


Sobre o blog

O Painel de Controle é um blog com dicas, notícias e conteúdos para o seu negócio decolar. Confira também canal no Youtube.

A Vettor te ajuda na difícil tarefa de gerenciar uma empresa, fornecendo as melhores soluções de gestão e melhorando seus resultados financeiros.